Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Concen avaliará cálculos para aumentar bandeiras tarifárias

©DIVULGAÇÃO
O Concen (Conselho dos Consumidores da Área de Concessão da Energisa MS) participou nesta terça-feira, 26, em Brasília (DF), da reunião ordinária da diretoria colegiada da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) em que foi apresentada a pauta sobre alteração da metodologia das bandeiras tarifárias e foi deliberado pela abertura audiência pública. Os valores das bandeiras ficarão em audiência pública de 27 de fevereiro a 1º de abril.

A proposta é que os custos adicionais do acionamento das bandeiras tarifárias fiquem mais altos entre maio desse ano e abril de 2020, passando de R$ 1,00 para R$ 1,50 na bandeira amarela; de R$ 3,00 para R$ 3,50 na vermelha patamar 1 e de R$ 5,00 para R$ 6,00 no patamar 2. 

“Existe um novo componente, que é avaliar a aderência às condições de geração e indicadores hidrológicos e os valores propostos ainda podem sofrer alteração porque estamos no período úmido e vamos nos posicionar à partir do momento em que a Aneel dar publicidade à nota técnica onde vai explicar como chegou ao valor dos aumentos e se os valores efetivamente cobrirão os custos da diferença entre energia produzida por hidrelétrica ou por termelétricas que são mais dispendiosas”, explica a presidente do Concen, Rosimeire Costa.

Por: Fernanda Mathias
Tecnologia do Blogger.