Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Carnaval: CCR MSVia reforça combate ao excesso de velocidade

©DIVULGAÇÃO
Em função da movimentação atípica no período de Carnaval, a CCR MSVia e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), intensificarão ações de incentivo à Direção Segura. Em paralelo, a Concessionária retoma no final de fevereiro a operação de 38 pontos de radares na BR-163/MS que foram desativados em 2017 pelo DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

Entre os dias 01 e 06 de março, a Concessionária prevê um fluxo de 295 mil veículos na rodovia. Na sexta (1), cerca de 57 mil veículos devem passar pela BR-163/MS. O tráfego mais intenso deve ocorrer das 15h às 20h, com média de quase 3,7 mil veículos/hora. No sábado, mais de 57 mil veículos são esperados. Os horários de maior fluxo estarão concentrados das 10h às 19h, com média de 3,7 mil veículos por hora.

Para o retorno, no dia 5 (terça), aproximadamente 48 mil veículos passarão pela BR-163/MS, sendo que o tráfego mais intenso, com média de 3,4 mil veículos/hora será entre 16h e 19h. Já na quarta (6), cerca de 45 mil veículos são esperados, com cerca de 3 mil veículos esperados no horário de pico, das 16h às 19h.

Segundo Luiz Fernando De Donno, gestor de Atendimento da CCR MSVia, as campanhas educativas serão intensificadas em pontos estratégicos da rodovia, com a distribuição de cerca de 45 mil folhetos com mensagens de Direção Segura.

“O Carnaval é um período do ano em que o fluxo aumenta na BR-163/MS e, também aumenta a imprudência, por isso, vamos intensificar as ações de forma a que o usuário perceba a importância de respeitar as leis”, diz De Donno.

Radares 

A CCR MSVia deflagrará campanha de alerta aos motoristas para informar a retomada da operação em 38 pontos de radares ao longo da BR-163/MS. Os equipamentos pertenciam ao DNIT e haviam sido desativados em 2017.

Com a reativação, a rodovia passará a contar com 51 pontos de radar, somando-se os 13 pontos cuja operação iniciou-se em março do ano passado. As avaliações das imagens e as autuações serão realizadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). A localização dos pontos com radares pode ser conhecida por meio do site da Concessionária e por meio do Disque CCR MSVia, que atende pelo telefone 0800 6480163.

“As imagens captadas pelos radares serão repassadas diretamente à PRF, que se encarregará de analisar os registros e decidir sobre as autuações”, diz De Donno. “O montante referente às multas cobradas será recolhido ao Tesouro Nacional, sem qualquer participação da CCR MSVia, que está encarregada apenas da operação do sistema”.

Apoio eletrônico 

A Concessionária irá utilizar 18 Painéis Fixos de Mensagens e 17 Painéis Móveis de Mensagens Variáveis, instalados em pontos estratégicos para permitir informar, em tempo real, eventuais interferências no tráfego, auxiliando na sinalização e orientação dos usuários. Toda a extensão da rodovia será monitorada em tempo real pelas câmeras de CFTV, acompanhadas 24 horas pelos colaboradores que atuam no Centro de Controle Operacional (CCO), dando mais agilidade em qualquer ocorrência que possa acontecer com o usuário.

SAU 

Mais de 500 colaboradores estarão trabalhando no Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), serviço oferecido gratuitamente 24 horas por dia. A frota foi reforçada e contará com 22 ambulâncias-resgate (05 unidades móveis de terapia intensiva), 04 viaturas de intervenção rápida, 09 guinchos pesados, 21 guinchos leves, 24 inspeções de tráfego e 11 caminhões de serviço, entre outros.

Pedágio 

As praças de pedágio estarão operando normalmente. As tarifas básicas variam de R$ 5,00 a R$ 7,80. Veículos comerciais pagam por eixo. O pagamento nas praças de pedágio deve ser feito por meio de dinheiro ou cheque. Nos postos de cobrança não serão aceitos cartões de débito ou cartões de crédito. Haverá, ainda, a possibilidade do pagamento eletrônico, por meio de dispositivos instalados nos para-brisas dos veículos, os chamados TAGS.

As praças estão instaladas nos seguintes locais: P1 – Mundo Novo (km 28,2); P2 – Itaquiraí (km 113,2); P3 – Caarapó (km 227,9); P4 – Rio Brilhante (km 313,7); P5 – Campo Grande (km 432,1); P6 – Jaraguari (km 533,8); P7 – São Gabriel do Oeste (km 603,4); P8 – Rio Verde de Mato Grosso (km 703,5) e P9 – Pedro Gomes (km 817,8).

Obras 

As obras de pare-e-siga, que envolvem interdição parcial das pistas, serão suspensas a partir das 14h de sexta (1) até às 18h do dia 2 (sábado), da meia-noite às 23h59 de terça (5) e da zero hora às 14h de quarta (6). As demais obras seguirão o mesmo calendário, mas não devem interferir no tráfego.

Cargas especiais 

Veículos que transportam cargas especiais terão restrição do tráfego nos dias 01 (sexta-feira), das 16h às 22h, 02 (sábado), das 06h às 12h, dia 05 (terça-feira), das 16h às 22h e 06 (quarta-feira), das 06h às 12h.

Fale com a CCR MSVia 

Para informações das condições de tráfego, sugestões, críticas e elogios, os motoristas e passageiros podem fazer contato com a Concessionária por meio do Disque CCR MSVia, serviço telefônico gratuito (inclusive para celulares) que atende pelo telefone 0800 6480163, 24 horas por dia. O site da empresa www.msvia.com.br também oferece informações das condições de tráfego.

ASSECOM
Tecnologia do Blogger.