Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Reinaldo Azambuja e Murilo Zauith são diplomados para o Governo de MS

Deputados estaduais, federais e senadores também receberam diploma

©Minamar Junior
O governador Reinaldo Azambuja, reeleito para mais quatro anos de mandato com 677.310 mil votos, foi diplomado, na noite desta sexta-feira (14), pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral). O vice-governador eleito, Murilo Zauith (DEM), também recebeu o diploma em cerimônia realizada no auditório do Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo.

A cerimônia presidida pelo desembargador João Maria Lós, do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral), conta, ainda, com todos os desembargadores do tribunal, além do presidente do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), Divoncir Schreiner Maran e do presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (MDB).

Durante o discurso de diplomação, Reinaldo lembrou das dificuldades em governador durante a crise que “impuseram nova realidade a empresas, pessoas e administração pública em todo o Brasil”. Para Azambuja, o único caminho era reformar o governo e adotar medidas para “manter o Estado de pé”.

O governador reeleito também lembrou da reforma da Previdência e de Mato Grosso do Sul ser o Estado que mais diminuiu a estrutura em quatro anos. Em relação às ações que devem ser colocadas em prática nos próximos anos, Reinaldo falou sobre a regionalização da saúde e também da transparência, que será ampliada. O governador também afirmou que pretende fazer uma parceria com o governo Bolsonaro.

Reinaldo também lembrou de “ataques injustos” sofridos durante a campanha, e afirmou que a “verdade prevalecerá à mentira”. Em relação às denúncias feitas contra ele, o governador lembrou de denúncia arquivada pela Justiça e acredita que outras também terão mesmo destino.

“Vamos continuar enfrentando cada problema com coragem. Nosso governo continuará agindo com equilíbrio e austeridade para cuidar bem de cada centavo do dinheiro público. Cumprimos 77% dos compromissos feitos e acredito que poderemos fazer muito mais”, completou o governador.

Também foram diplomados nesta noite os senadores Nelsinho Trad (PTB) e Soraya Thronicke (PSL), os oito deputados federais e 24 estaduais.

Reinaldo Azambuja

Reinaldo Azambuja Silva (Campo Grande, 13 de maio de 1963) é um agropecuarista e político brasileiro, filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

Filiado ao PSDB, elegeu-se prefeito de Maracaju em 1996 e reelegeu-se em 2000. Neste período, foi presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul).

Em 2006, elegeu-se deputado estadual. Teve a maior votação da história de Mato Grosso do Sul. Em 2010, elegeu-se deputado federal. Candidatou-se à Prefeitura de Campo Grande em 2012. Nas eleições de Mato Grosso do Sul em 2014, concorreu ao cargo de governador. Obteve a segunda colocação no primeiro turno e venceu o pleito no segundo turno

Nas eleições estaduais de 2018 concorreu à reeleição. Classificou-se para o segundo turno, vencendo o pleito com 52.35%, contra 47.65% do adversário Odilon de Oliveira (PDT).

Murilo Zauith

Murilo Zauith (Barretos, 17 de julho de 1950) é um político e empresário brasileiro, presidente do PSB em MS, ex-vice-governador de Mato Grosso do Sul. Chegou a Dourados em 1976, um ano após se formar em Engenharia Civil, onde instalou seu escritório de engenharia, atuando na área até 1993. Neste mesmo ano foi secretário de Planejamento da Prefeitura de Dourados. Em 1994 recebeu o título de Presidente de Honra da Unigran que estende até hoje.

Foi deputado estadual (1995-2003) e deputado federal (2003-2007). Foi eleito para seu primeiro mandato de prefeito, na eleição extraordinária que ocorreu em 06 de fevereiro de 2011, com 70.906 votos, ou seja, 80,06% do total de votos dos eleitores que compareceram às urnas. No dia 7 de outubro de 2012, Murilo é reeleito prefeito de Dourados com 62,43% dos votos, desta vez para um mandato de quatro anos.

Fonte: Midiamax
Por: Aliny Mary Dias, Maisse Cunha e Vinícius Costa 

Tecnologia do Blogger.