Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Operação de fim de ano terá reforço de 5 mil policiais para coibir crimes em MS

Agentes administrativos serão deslocados para as ruas

©MARCOS ERMÍNIO
O policiamento de fim de ano, em Mato Grosso do Sul, terá o reforço de 5 mil agentes entre policiais militares, civil, bombeiros militares e agentes de polícia científica. A Operação Boas Festas foi lançada pelo governo do Estado, nesta segunda-feira (3), na Praça do Rádio Clube, com a presença do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e do prefeito da Capital, Marcos Trad (PSD).

©MARCOS ERMÍNIO
A operação é realizada todos os anos, em Campo Grande e no interior do Estado, durante o período das festas, em que aumenta a circulação de pessoas fazendo compras e de dinheiro circulando pelas ruas. O objetivo é impedir a ação de criminosos cometendo furtos e crimes ainda mais perigosos.

De acordo com o titular da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), Carlos Alberto Videira, todas as forças policiais vão se mobilizar nessa operação: Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, entre outros setores, como a perícia.

Segundo Videira, só em Campo Grande, o reforço será de cerca de mil militares a mais, com agentes do administrativo que passarão a desempenhar funções de policiamento preventivo e ostensivo nas ruas. A PM também vai utilizar o helicóptero da corporação para as ações na Capital e no interior.

O delegado-geral da Polícia Civil, Marcelo Vargas, explicou que serão 300 policiais civis, que atuam no administrativo, reforçando os trabalhos só em Campo Grande. Conforme Vargas, no interior o remanejamento é menor, devido ao baixo efetivo policial, mas as 11 sedes regionais prestarão apoio ao policiamento de fim de ano. Segundo o delegado-geral, a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) – responsável pela área central e localizada na rua Padre João Crippa – deve ter a reforma concluída até o fim da semana.

De acordo com o comandante da Polícia Militar, Waldir Acosta, os policiais vão trabalhar em plantão de 24 horas. O policiamento será reforçado no Centro (quadrilátero Rui Barbosa, Maracaju, Calógeras e 26 de agosto) e em operações nos corredores comerciais dos bairros Nova Lima, Moreninhas, Tiradentes Júlio de Castilho. Conforme o comandante do Corpo de Bombeiros, Joilson Alves, a corporação vai incrementar as ações de fim de ano com 200 bombeiros.
©MARCOS ERMÍNIO

©MARCOS ERMÍNIO

Fonte: Midiamax
por: Wendy Tonhati e Richelieu Pereira
Tecnologia do Blogger.