Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Mais de 200 pessoas participaram do Seminário SAS - Boas Práticas na Assistência Social

©DIVULGAÇÃO
Entre os dias 5 a 7 de dezembro, a Prefeitura de Campo Grande promoveu o “1º Seminário SAS – Boas Práticas na Assistência Social” que está inserido no Programa de Trabalho “SOU MAIS SAS”. Mais de 200 pessoas participaram do evento, dentre elas técnicos, educadores, cuidadores, coordenadores e servidores em geral.

O seminário finalizou com a prospecção de organização de protocolos e fluxos, reconhecendo a importância da secretaria na construção da referência e contra-referência dos equipamentos. A programação do Seminário contou com três manhãs consecutivas de apresentações dos trabalhos e debates, que proporcionaram a troca de experiências nos processos de trabalho, demonstrando os avanços e desafios da Secretaria de Assistência Social de Campo Grande.

O prefeito Marquinhos Trad falou da importância da valorização dos trabalhadores com diferencial na qualidade do atendimento aos usuários.

“Esta é mais uma iniciativa de uma gestão humanizada e comprometida com o que preconiza as normativas que norteiam a Política de Assistência Social”, disse.

Já a vice-prefeita fez questão de parabenizar a todos pelo trabalho com excelência que tem sido realizado.

“Nós nos propusemos a não fazer uma gestão que acaba em 4 anos, nós temos uma missão e estamos caminhando para escrever algo novo, e deixar para Campo Grande uma história de sucesso”, afirmou.

O secretário municipal de Assistência Social José Mário Antunes disse que durante os últimos dois anos a SAS tem modificado e buscado meios e formas para melhorar a execução dos serviços.

“Esse encontro tem o objetivo de valorizar e de relatar experiências que tem tornado nossa gestão mais humanizada e comprometida com a política de assistência social. Cada compartilhamento, cada experiência, cada avanço do trabalho será debatido aqui nesse seminário, será mostrado a importância além de instrumentos de motivação para o exercício das nossas funções”, afirmou.

O compartilhamento de práticas teve como objetivo enfatizar a importância da construção coletiva das ações desenvolvidas, a proposição de ferramentas e processos de trabalho no âmbito das políticas públicas, bem como demonstrar indicativos de ferramentas efetivas e caminhos a seguir para a qualificação do trabalho, com vistas ao aprimoramento do atendimento ofertado ao público usuário do Sistema Único de Assistência Social – SUAS.

O debate crítico acerca do trabalho e das políticas sociais teve como importância central o aprimoramento profissional dos técnicos da assistência social, tanto no âmbito técnico-metodológico e técnico-operativo, além de servir também como uma ferramenta motivadora no exercício das funções profissionais.

Sérgio Wanderly da Silva – presidente do Comitê Intersetorial Municipal de Assistência Social de Campo Grande – CIMAS, e secretário- adjunto da SAS , presidente do Coegemas – Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social disse que há muitas preocupações na área da assistência social, mas que estas precisam ser enfrentadas ressaltou a importância da capacitar de fazer o agora.

“Nós não podemos ficar aqui profetizando. Temos que encarar realidade, e a realidade nós encaramos aqui e agora, e há esperança, e sempre haverá esperança, quando estivermos fazendo o nosso papel. Em cada ação da nossa secretária nós garantimos qualidade de vida. Garantimos que muitas pessoas tenham acolhida, que voltem a ter vínculos”, disse.

O evento ainda teve com um de seus destaques a divulgação do Lançamento do Caderno de Orientações: “Contribuições para a Construção de Percursos Socioeducativos no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, desta superintendência.

ASSECOM
Tecnologia do Blogger.