Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Discussão por espetinho teria motivado assassinato de açougueiro

PM era morador de Ivinhema, mas estava lotado no batalhão de Novo Horizonte do Sul

PM Ezequiel fugiu e foi encontrado caído ao lado de seu carro, próximo a Escola Sidney Carlos Costa ©DIVULGAÇÃO 

Antes de cometer suicídio, o policial militar Ezequiel Ferreira, lotado em Novo Horizonte do Sul, matou o empresário Flávio Fernandes, de 38 anos, com cerca de 6 tiros. O motivo seria uma discussão por espetinho, mas a Polícia Civil investiga o caso.

Os tiros atingiram o olho direito, nuca, ombro, abdômen, virilha e na região lombar. A discussão ocorreu na Casa de Carne Costelão & Cia, no Bairro Guiray.

Informações do Ivinotícias apontam que a PM foi acionada para atender uma briga, mas ao chegar ao local, o PM Ezequiel sacou a arma e atirou vários vezes contra Flávio e seus colegas.

Enquanto Flávio era atendido pelo Corpo de Bombeiros, Ezequiel fugiu e foi encontrado caído ao lado de seu carro, próximo a Escola Sidney Carlos Costa. A suspeita é de suicídio.

O PM era morador de Ivinhema, mas estava lotado no batalhão de Novo Horizonte do Sul.
Vítima sendo atendida ©DIVULGAÇÃO


Fonte: campograndenews
Por: Danielle Valentim
Tecnologia do Blogger.