Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Conheça as opções de Bolsonaro para se acertar com a Receita Federal

Presidente eleito omitiu do Imposto de Renda o recebimento de suposto empréstimo no valor de R$ 40 mil

©DR
O futuro presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, terá de se acertar com a Receita Federal por não ter declarado os R$ 40 mil recebidos do ex-assessor de seu filho, Fabrício José de Queiroz.

O dinheiro, segundo ele, refere-se ao pagamento de um empréstimo e não foi declarado "porque foi se avolumando", ou seja, não teria sido pago de uma só vez. "Não posso de um ano para o outro, ah, mais 10 mil, mais 15 mil”, explicou à Folha de S. Paulo.

Diante do imbróglio, o presidente eleito tem duas opções para resolver a pendência com o fisco. Uma delas é retificar sua declaração de Imposto de Renda, acrescentando o recebimento dos R$ 40 mil. Desta forma, ele não seria punido.

A segunda seria esperar que a Receita Federal entrasse em contato exigindo explicações. Se isso ocorrer, Bolsonaro teria de pagar o imposto e, ainda, uma multa por conta da omissão.

“Se eu errei, eu arco com a minha responsabilidade perante o fisco, sem problema nenhum”, afirmou o eleito.

NAOM
Tecnologia do Blogger.