Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

STF deve conceder habeas corpus de ofício a Lula, diz ex-ministro

Tarso Genro usou seu perfil no Twitter para se pronunciar sobre indicação de Moro para o superministério da Justiça

©Agência Brasil / Arquivo
O ex-governador do Rio Grande do Sul e ex-ministro Tarso Genro usou seu perfil no Twitter, nesta sexta-feira (2), ara falar sobre a nomeação do juiz Sérgio Moro para ocupar o superministério da Justiça do futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL).

“Num ato de apreço à Constituição – que teve com a decisão sobre a entrada da PF nas Universidades –, o STF poderia conceder habeas corpus de ofício a Lula, para tirá-lo do cárcere de Curitiba, depois da parcialidade manifesta do juiz Moro, provada pela sua conduta atual”, escreveu Genro.

Ele ocupou os ministérios da Educação, das Relações Institucionais e da Justiça, durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2011).

"Sim"

O juiz, responsável pela Lava Jato em primeira instância, aceitou o convite para comandar a pasta, na última quinta-feira (1º). "Após reunião pessoal, na qual foram discutidas políticas para a pasta, aceitei o honrado convite", afirmou.

A indicação gerou reação do PT, que alega atuação parcial do juiz federal e politização das decisões tomadas na força-tarefa. Os advogados do ex-presidente Lula confirmaram que vão entrar com um novo pedido de liberdade para o petista usando como argumento a indicação para a pasta.

Já Bolsonaro reagiu com ironia ao ser questionado sobre as críticas da legenda à nomeação de Moro. “Se estão reclamando é porque fiz a coisa certa”, disse o presidente eleito.

NAOM
Tecnologia do Blogger.