Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Após luta para destravar obra, vereador Professor João Rocha comemora pista de atletismo em Campo Grande

©DIVULGAÇÃO
A obra para a pista de atletismo do Parque Ayrton Senna, no Bairro Aero Rancho, em Campo Grande, foi retomada nesta sexta-feira (9), em solenidade com presença de várias autoridades. A expectativa é que possa estar concluída no aniversário de 120 anos da Capital, em agosto de 2019. O vereador Prof. João Rocha, presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, acompanhou durante sete anos as lutas e tratativas para viabilizar recursos para a obra, destacou o momento histórico e o a união pelo mesmo sonho. 

"É um momento histórico. Uma frase antiga cabe bem nesse momento: um sonho que a gente sonha sozinho não passa de um sonho; fica naquele sonho. Já um sonho que sonhamos em conjunto se torna realidade e nós sonhamos em conjunto por essa pista", afirmou o vereador, durante a solenidade nesta manhã no Parque Ayrton Senna. Ele fez um retrospecto sobre todo o processo para conseguir retomar a obra e falou das conquistas esperadas. 
©DIVULGAÇÃO
"A população é que ganha, não só de Campo Grande, mas do Brasil inteiro, pois a obra estará pronta, inclusive, para eventos internacionais. O público alvo são crianças, adolescentes, da iniciação ao atletismo, chegando ao alto rendimento, com a possibilidade de realização de eventos internacionais", destacou o Prof. João Rocha, que é formado em Educação Física. 

O primeiro passo para a pista de atletismo foi dado ainda em 1992 quando, na gestão de Pedro Pedrossian, foi colocado o calçamento para receber a base emborrachada. Em 2011, o Prof. João Rocha acompanhou o projeto inicia para viabilizar junto ao Ministério do Esporte verba para adequá-la aos padrões internacionais. A obra chegou a ser licitada, mas ficou parada por quatro anos, sendo retomada apenas neste ano. "Agora, em conjunto, fizemos com que se acertasse a contrapartida e o aporte da correção financeira", afirmou. 
©DIVULGAÇÃO
Com a assinatura do termo aditivo do contrato, possibilitou-se aumentar em 97% a parcela de recursos do Governo Federal, de R$ 3,5 milhões para R$ 6,9 milhões, reduzindo a contrapartida do município de R$ 2,6 milhões para R$ 765,9 mil. A pista com oito raias terá 6.729,10 metros quadrados, piso emborrachado, iluminação, além de banheiros e vestiários para que Campo Grande tenha condições de receber grandes competições nacionais e internacionais.

Hoje, Mato Grosso do Sul é o único estado do País a não contar com pista oficial de atletismo. O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, exaltou a parceria do vereador Prof. João Rocha e garantiu que foram cumpridos "todos os empenhos, assinaturas, o último degrau das formalidades burocráticas", inclusive com a estrutura das obras já sendo montada. "Depois de várias assinaturas, da vinda de ministros, dessa vez, a obra se torna realidade. Eu, a Câara de Vereadores, o vereador Prof. João Rocha, todos os líderes comunitários, atletas teremos aquilo que era sonhado por muitos anos". 

Durante o evento, o prefeito ressaltou ainda que a Prefeitura planeja para 2019 a revitalização do parque aquático que está fechado há mais de três anos. A licitação já está em andamento. 

ASSECOM
Tecnologia do Blogger.