Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Professora e ex-diretora da Fetems é encontrada morta dentro de casa

Polícia apura causa e principal suspeita é de latrocínio

Professora era militante histórica da educação e dos direitos das mulheres ©Divulgação/Fetems
A professora Maria Ildonei de Lima Pedra, 70 anos, foi encontrada morta em sua casa, no Jardim Leblon, em Campo Grande, na noite de sábado (1º). A causa do óbito deve ser revelada após autópsia, prevista para a manhã deste domingo (2).

Militante histórica da educação e dos direitos das mulheres, Maria Ildonei compôs a diretoria da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems) por aproximadamente 20 anos. Exerceu o cargo de secretária-geral adjunta por dois mandatos.

De acordo com a presidente em exercício da Fetems, Sueli Veiga Melo, a professora foi achada já sem vida na cozinha de sua casa, por um filho, no início da noite de sábado. “O portão estava aberto, mas a casa fechada. Os móveis estavam todos revirados”, conta.

A polícia ainda apura o caso. A principal suspeita é de que Maria Ildonei foi vítima de latrocínio - roubo seguido de morte.

Mesmo de fora da direção da Fetems, a professora colaborava no hotel da entidade. “Sempre foi muito participativa, muito ativa. Trabalhava o dia inteiro no hotel”, continua Sueli Melo.

Maria Ildonei era irmã de Maria José de Lima, a professora Zezé, que morreu em julho deste ano. Zezé também militava na educação e foi vereadora pelo município de Camapuã.

O velório de Maria Ildonei será realizado no cemitério Jardim das Palmeiras. O horário ainda não foi confirmado.

Fonte: CE
Por: JONES MÁRIO
Tecnologia do Blogger.