Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Polícia suspeita que conhecido tenha assassinado ex-diretora da Fetems em Campo Grande

Velório está marcado para 13h deste domingo

©Arquivo/Família
A professora e ex-diretora da (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Maria Ildonei Lima Pedra, de 70 anos, pode ter sido assassinada por algum conhecido, segundo os primeiros levantamentos realizados pela Polícia no local no sábado (1). Neste domingo (2), a presidente da Federação Sueli Veiga disse ao Jornal Midiamax que a polícia investiga o caso.

“Ontem, quando estávamos no local, a polícia disse que é muito provável que um conhecido tenha assassinado a professora, já que não tinha nenhum sinal de arrombamento na casa. O portão, inclusive, estava aberto. Só a casa que estava um pouco revirada”.

Apesar do autor do crime ter revirado o imóvel, o filho da professora não teria sentido falta de nenhum objeto no local e nem de valores. Também está descartada a hipótese de que Maria tenha escorregado, batido a cabeça e morrido em decorrência de algum acidente doméstico.

A autópsia do corpo da idosa é realizada na manhã deste domingo.

Velório

O velório de Maria Ildonei acontece a partir das 13h no Cemitério Jardim das Palmeiras, próximo à UCDB (Universidade Católica Dom Bosco).

A professora foi encontrada morta em sua casa na noite deste sábado (01) no Jardim Leblon em Campo Grande. A casa de Ildonei estava revirada com o portão aberto e, a professora foi encontrada morta na cozinha da residência.

De acordo com a presidente em exercício da Fetems, Sueli Veiga, um filho da professora tentou contato com a mãe neste sábado. Como não conseguiu, um irmão da professora então foi até a casa, encontrou o portão aberto e Maria Ildonei já sem vida dentro da residência, que estava toda revirada. A causa da morte está sendo apurado pela polícia.

Maria Ildonei que já estava aposentada como professora, fez parte da diretoria da Federação e, atualmente, trabalhava no setor administrativo do hotel de trânsito da Fetems.

Fonte: Midiamax
por: Evelin Cáceres
Tecnologia do Blogger.