Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

PF mira deputado, conselheiro do TCE e operação tem 14 ordens de prisão

Ação é realizada em Campo Grande, Aquidauana, Dourados, Maracaju, Guia Lopes de Laguna; e Trairão, no Pará

Viatura da Polícia Federal em prédio no bairro São Francisco ©Danielle Valenttim
A operação Vostok, que cumpre mandado de busca na casa do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), tem 14 ordens de prisão temporária e mobiliza 220 policiais. Ao todo, a PF (Polícia Federal) vai cumprir 41 mandados de buscas e apreensão. A ação é realizada em Campo Grande, Aquidauana, Dourados, Maracaju, Guia Lopes de Laguna; e Trairão, no Pará.

Dentre os alvos da operação, estão pecuaristas responsáveis pela emissão de notas com suspeita de ser “frias”, inclusive, um deputado estadual e um conselheiro do TCE (Tribunal de Contas do Estado).

O conselheiro, conforme apurou o site Campo Grande News, é Márcio Monteiro. Equipes da PF “amanheceram” na sua casa, no residencial de luxo Damha, na Capital. Viatura também foi a prédio na rua Rui Barbosa, bairro São Francisco.

Conforme a polícia, o objetivo é combater um esquema de pagamento de propina a representantes da cúpula do Poder Executivo Estadual. As investigações foram iniciadas no início do ano, tendo por base os termos de colaboração premiada de executivos de uma grande empresa do ramo frigorifico.

Os colaboradores detalharam os procedimentos adotados junto ao governo do Estado para a obtenção de benefícios fiscais. A reportagem apurou que são as denúncias de empresários da JBS sobre suposto pagamento de propina.

O inquérito tramita no STJ (Superior Tribunal de Justiça), em Brasília, que decretou as medidas em cumprimento. A investigação corre no STJ porque Azambuja tem prerrogativa de foro por ser governador.

Operação

Vostok é o nome de uma estação de pesquisa russa localizada na Antártida onde já foi registrada uma das menores temperaturas da Terra. O nome faz referência às notas fiscais frias utilizadas para a dissimulação dos pagamentos.

Fonte: campograndenews
Por: Aline dos Santos
Tecnologia do Blogger.