Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

No Setembro Amarelo vereador Carlão destaca necessidade de prevenção e luta contra o suicídio

©Divulgação
Com o início da Campanha Setembro Amarelo – mês de Combate e Prevenção ao Suicídio, o vereador Carlos Augusto Borges (Carlão PSB), 1º secretário da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Campo Grande, destacou a necessidade de se lutar contra esse problema mundial de saúde pública. Em 10 de setembro, é celebrado o Dia Mundial da Prevenção ao Suicídio. Carlão é autor Lei Nº 5.613/13 que dispõe sobre a Implantação de Medidas de Prevenção ao Suicídio nas Escolas Municipais.

“Essa Lei visa alertar e promover o debate na escola e na comunidade acerca da questão do suicídio, suas possíveis causas e indicadores, auxiliando educadores, pais, familiares e outras pessoas a reconhecerem uma situação de risco. Principalmente porque os casos de suicídio e depressão na infância e adolescência estão cada vez mais comuns. Precisamos desmistificar o tema buscar mecanismos para prevenir”, avaliou Carlão.

Conforme dados estimados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) no Brasil ocorrem em média 12 mil suicídios por ano. No mundo, são mais de 800 mil ocorrências, isto é, uma morte por suicídio a cada 40 segundos, conforme o primeiro relatório mundial sobre o tema, divulgado pela OMS, em 2014. Em matéria veiculada pelo site campograndenews em 2017, o Corpo de Bombeiros de Campo Grande atendeu 925 tentativas de suicídio, sendo que 50% das vítimas eram crianças e jovens entre 10 e 19 anos. O número pode ser bem maior, pois segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a cada caso registrado, cinco são subnotificados.

“São estatísticas alarmantes e precisamos mobilizar toda sociedade com prevenção. Falar é sempre a melhor solução!”, concluiu.

ASSECOM
Tecnologia do Blogger.