Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Vereadores aprovam reajuste da radiologia e barram incentivo à empresas

Certidões cíveis e tributárias venceram durante concessão do Prodes

Vereadores também mantiveram três vetos parciais durante a sessão (Foto: Izaias Medeiros/CMCG)
Os vereadores de Campo Grande aprovaram, nesta terça-feira (28), reajuste a técnicos em radiologia, porém barraram a concessão de incentivos fiscais a duas empresas por meio do Prodes (Programa de Desenvolvimento Econômico e Social). Vetos foram mantidos.

Houve atualização de R$ 200 a produtividade SUS (Sistema Único de Saúde) gerência dos técnicos concursados, sendo o impacto mensal de R$ 11,7 mil ao cofre do município.

Quanto aos incentivos do Prodes, houve pedido das comissões de Finanças e Indústria por sua retirada de pauta. A medida decorre da constatação de que certidões cíveis e tributárias da Engepar Engenharia de Participações e Contato Contact Center estavam vencidas.

Eduardo Romero (Rede), presidente da Comissão Permanente de Finanças e Orçamento, esclareceu que tal medida evita que a proposta saia com irregularidade do Legislativo, ainda que sanável em etapa posterior da assinatura de compromisso entre prefeitura e empresa.

Para o presidente da Casa de Leis, João Rocha (PSDB), "tecnicamente esses projetos não tem nenhum tipo de problema, mas essa é uma questão de renovação das certidões". Isso, inclusive, será cobrado das empresas pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Luiz Fernando Buainain, que se surpreendeu com a atitude do Legislativo e comprometeu-se a recuperar o investimento que soma R$ 7,8 milhões e pretende gerar 150 novos empregos.

Vetos - Durante a sessão, os vereadores ainda mantiveram vetos parciais as iniciativas que criam programa de arte com pneus para parques sustentáveis produzidos por reeducandos do sistema penitenciário, junta de análise e julgamento de recursos de transporte na Agereg (Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos) e outro que visa apoiar o desporto universitário em Campo Grande.

Fonte: campograndenews
Por: Kleber Clajus
Tecnologia do Blogger.