Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Quer ser piloto de drone? Curso do Senai da Capital ensina como

Divulgação 
Desenvolvidos inicialmente como uma ferramenta militar, os drones, veículos aéreos comandados remotamente, atualmente vêm ganhando espaço na economia mundial. Atualmente, são utilizados em uma infinidade de atividades, atraindo o interesse de indústrias e corporações de diversas áreas, como engenharia civil, geociência, prevenção ambiental, logística e setores ligados ao cinema e à fotografia.

Atento à essa tendência do mercado e focado na necessidade de profissionalização gerada por este novo nicho de trabalho, o Senai de Campo Grande oferece o curso de piloto de drone com 16 vagas no total divididas em duas turmas com 8 vagas cada. As matrículas abrem a partir do dia 3 de setembro e as aulas terão início no dia 28 de setembro, sendo que os interessados devem ter mais de 16 anos de idade e ter concluído o Ensino Fundamental.

Com uma carga horária de 28 horas-aulas, sendo 4 horas-aulas de conteúdo formativo e 24 horas-aulas de prática de voo, a capacitação custa R$ 480,00 na modalidade iniciação profissional e tem como objetivos gerais preparar profissionais por meio de fundamentos relativos à pilotagem de drones, apresentando suas especificações técnicas, procedimentos de pilotagem e a legislação vigente para a operação dos equipamentos.
Divulgação
As aulas serão sempre aos sábados, das 7h30 às 11h30 para a primeira turma e das 13 às 17 horas para a segunda turma, com exceção do primeiro dia – 28 de setembro – quando a aula será das 18 às 22 horas para as duas turmas. De acordo com o gerente de tecnologia e inovação do Senai no Estado, Leandro Schneider, o objetivo é apoiar a indústria no uso de novas tecnologias e ferramentas.

“É um curso que acompanha as tendências de mercado e vem alinhado às necessidades da Indústria 4.0 e acaba beneficiando as empresas a terem mais informações em tempo real e ações robotizadas, que vão contribuir com a melhoria dos processos, redução de custos e aumento da competitividade”, afirmou Leandro Schneider.

Ele acrescenta que a oferta do curso de piloto de drone tem o objetivo de atender as demandas das indústrias de Mato Grosso do Sul. “É uma demanda de toda a comunidade, que, conectada à Indústria 4.0, veio solicitar ao Senai essa formação. Com um preço acessível, desenhamos esse curso para que ele abrisse as portas para que toda a comunidade pudesse ter acesso a essas profissões do futuro”, finalizou.

Serviço – Mais informações pelo telefone 0800 7070 745.

ASSECOM
Tecnologia do Blogger.