Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Seca deve se agravar e estiagem já dura mais de 60 dias no Estado

Segundo meteorologia, não há previsão de chuva pelos próximos 10 dias

Não há previsão de chuva pelos próximos 10 dias ©Gerson Oliveira/CE
O período de estiagem já completou 63 dias em Mato Grosso do Sul e 31 dias em Campo Grande, a partir de hoje. De acordo com o meteorologista Natálio Abrahão, não há perspectiva de chuva, pelo menos, pelos próximos dez dias.

Para esta sexta-feira, a previsão é de que a umidade relativa do ar fique abaixo de 30%. O índice mínimo recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é de 60%.

De acordo com levantamento da estação meteorológica da Uniderp, o município de Água Clara, distante 204 quilômetros da Capital, é o mais castigado pela seca. São 62 dias sem chuva, até ontem.

Não se vê água cair do céu há 35 dias em Ponta Porã, 34, em Juti e 33, em Bela Vista. Nos municípios de Amambai, Maracaju, Rio Brilhante e Três Lagoas não chove há 31 dias. Enquanto nas cidades de Aquidauana, Corumbá e Dourados, a estiagem já completou 30 dias.Em Bataguassu, não chove há 29 dias. 

Coordenador da Defesa Civil, tenente coronel Fábio Catarineli explica que, nesta época, também aumenta a incidência de incêndios florestais. 

Além disso, conforme Catarineli, a tendência é a situação se agravar mais nos próximos meses, agosto e setembro, quando a seca costuma ser ainda mais rigorosa. “A orientação em dias de baixa umidade é beber muito líquido e evitar a prática esportiva ao ar livre”.

Fonte: CE
Por: TAINÁ JARA
Tecnologia do Blogger.