Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Deputado Rinaldo ressalta importância do cooperativismo para economia de MS

©Ely Silveira
O deputado Professor Rinaldo (PSDB) foi à tribuna da Assembleia Legislativa, durante a sessão ordinária desta quarta-feira (4), para enfatizar a importância do cooperativismo para os mais diversos setores da economia de Mato Grosso do Sul. 

Segundo ele, mais de 200 mil cooperados atuam no Estado, distribuídos em 111 cooperativas. "É um setor extremamente estratégico, que gera mais de sete mil empregos aqui, em setores da agropecuária, saúde, educação, entre outros. Em todo o mundo, a cada seis pessoas, uma é cooperada e estima-se que mais de 250 milhões de vagas de trabalho sejam provenientes das cooperativas", informou. 

O deputado lembrou que no próximo dia 7 de julho será celebrado o Dia Internacional do Cooperativismo. A data é lembrada especialmente pela Aliança Cooperativa Internacional (ACI), organismo de representação global das cooperativas, da qual o Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Mato Grosso do Sul (OCB/MS) faz parte. 

"No último dia 30 de junho comemoramos o Dia do Cooperado, quando o Governo do Estado realizou ações em municípios como Naviraí, Nova Andradina, São Gabriel do Oeste, Dourados, Três Lagoas, Corumbá e Campo Grande. Também foi firmado protocolo de intenções com a UFMS [Universidade Federal de Mato Grosso do Sul] para parcerias com o objetivo de desenvolver estudos relacionados ao setor", informou Professor Rinaldo.

Em 2018, o tema do Dia Internacional do Cooperativismo faz referência ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável número 12 - “Consumo e Produção Responsável” com o slogan: “Sociedades sustentáveis por meio da cooperação”. No Brasil, o Dia de Cooperar foi realizado dia 30 de junho, em virtude dos jogos da Copa do Mundo.

Pelo bem comum

De acordo com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), cooperativismo é um movimento econômico e social, entre pessoas, em que a cooperação se baseia na participação dos associados, nas atividades econômicas com vistas a atingir o bem comum e a promover uma reforma social.

Uma organização dessa natureza se caracteriza por ser gerida de forma democrática e participativa, de acordo com aquilo que pretendem seus associados, nos mais diversos segmentos em que atuam.

Fonte: ASSECOM
Por: Fabiana Silvestre 
Tecnologia do Blogger.