Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

DOURADOS| Agetran avalia pedido de empresa para reajuste da tarifa de transporte público

Concessionária justifica que valor da passagem, congelado há 30 meses, necessita de reajuste por conta de aumentos de custos

Empresa de transporte coletivo quer reajuste de tarifa; Agetran avalia solicitação 

A Agetran (Agência Municipal de Trânsito e Transporte) avalia pedido realizado pela Viação Dourados, empresa que explora o serviço de transporte público de Dourados, para reajuste do valor da tarifa cobrada dos passageiros. A empresa concessionária alega que a tarifa está “congelada” há 30 meses. A solicitação foi feita em agosto passado e por determinação da prefeita Délia Razuk foi debatida em audiência pública, em dezembro passado, e a viabilidade da revisão da tarifa é analisada pela equipe técnica da Agência.
Divulgação
Conforme o diretor-presidente da Agetran, Carlos Fábio Selhorst dos Santos, a solicitação da empresa foi embasada no aumento dos custos para manutenção do serviço neste período sem reajustes. Ele explica que o pedido tem legalidade, conforme o contrato de concessão n° 096/DL/PMD firmado em licitação junto a Viação Dourados, em 2015.

A direção da empresa detalhou, com base em levantamentos, que nos últimos 30 meses houve aumento de 22% nos custos variáveis, como combustíveis, lubrificantes, peças, rodagem, etc., e de 11% nos custos fixos, compostos por salários dos funcionários, despesas administrativas, depreciações, entre outros.

Além destes pontos, o cálculo de um novo valor para a tarifa feito pela empresa leva em conta o número de “passageiros pagantes transportados e os quilômetros rodados das linhas de ônibus”.
Divulgação
Diante disso, foi encaminhada pela empresa à Agência a proposta de reajuste do valor atual de R$ 3 para R$ 3,66. 

Os dados apresentados pela Viação Dourados estão sendo analisados pela equipe técnica da Agetran. O diretor da Agência explica que a definição de um novo valor acontecerá por força de contrato de concessão de exploração do transporte público e dentro de uma análise criteriosa aos dados apontados.

“A solicitação está prevista em contrato e a empresa já havia proposto no ano passado, porém, a administração municipal conseguiu um maior tempo para essa ação, tendo em vista um delicado momento financeiro no geral. No entanto, o desequilíbrio financeiro precisa ser corrigido e os esforços se concentram para que a correção do valor seja a mais justa possível”, destacou Carlos Fábio.

Na capital, por exemplo, o valor da tarifa de transporte público é de R$ 3,70, desde 2017.

As linhas de ônibus em Dourados atendem a três categorias de passageiros: passagem integral, gratuidade parcial (meia passagem) e gratuidade integral.

De acordo com a NTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos), Dourados possui um dos mais elevados índices no aspecto de passageiros que utilizam o transporte público com total gratuidade. Enquanto a média nacional é de 22%, Dourados registra 42%, o que também impacta nos custos em um todo.

Após as avaliações da Agetran, um novo valor será definido e publicado no Diário Oficial do Município.

Fonte: ASSECOM
Tecnologia do Blogger.