Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Maratona de Matrículas do Senai movimenta unidades em 6 municípios

Divulgação

A manhã deste sábado (11/02) foi movimentada nas unidades do Senai de Aparecida do Taboado, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Sidrolândia e Três Lagoas em razão da realização da 3ª edição da Maratona de Matrículas das 8 às 12 horas para efetuar inscrições e matrículas nos nove cursos técnicos de nível médio e nos quatro cursos de nível superior oferecidos pela instituição. Segundo o gerente do Senai de Campo Grande e de Sidrolândia, Marcos Costa, a maratona é promovida para atender o público em geral, mas especialmente as pessoas que trabalham durante a semana e não dispõem de tempo livre em horário comercial.

“O Senai de Campo Grande atende em três turnos de segunda a sexta-feira, mas mesmo assim identificamos a necessidade de fazer essa ação no sábado. Os cursos na modalidade EAD, por exemplo, são voltados justamente para esse público, com 80% do conteúdo a distância e 20% em aulas presenciais aos sábados. Então é uma maneira de facilitar o acesso a essas pessoas”, explicou Marcos Costa, informando que os cursos mais procurados são os técnicos em eletroeletrônica e manutenção automotiva. “Já em Sidrolândia, o foco é o curso técnico em eletroeletrônica, que também dispunha de vagas durante a ação”, garantiu.
Divulgação
Ao circular pelos corredores do Senai de Campo Grande durante a Maratona de Matrículas era possível encontrar os mais diversos personagens, desde jovens recém-formados no Ensino Médio até profissionais que já passaram por algum curso do Senai, estão inseridos no mercado de trabalho, mas querem se qualificar ainda mais. Esse é o caso de Rafael Lopes, de 29 anos, que fez o curso técnico em segurança do trabalho há tanto tempo que nem lembra mais da data, segundo o próprio. “Talvez 2007”, arriscou, informando que agora quer cursar o superior de Automação Industrial. “Eu gostei muito de ter estudado no Senai, da dinâmica dos professores. Além disso, a instituição é muito respeitada no mercado de trabalho, ter um diploma do Senai é um diferencial”, frisou.
Divulgação
Rafael trabalha atualmente como técnico em telefonia, pesquisou a grade do curso superior de Automação Industrial e resolveu investir. “Gosto do ambiente industrial, ali podemos aprender algo novo todo dia”, afirmou. Já Cássia Evilyn dos Santos Lima, de 18 anos, terminou o Ensino Médio em 2015 e optou pelo curso superior em Gestão da Produção Industrial. “Pesquisei várias opções e acabei descobrindo o Senai, que é muito bem avaliado. Então decidi cursar, pois sei que a indústria é um setor que oferece boas oportunidades de trabalho”, declarou.

Interior

Em Aparecida do Taboado, a maratona extrapolou os muros da unidade e foi para as ruas, segundo a gerente Ana Elizabete de Lima Garcia, que promoveu até uma caminhada com carro de som e panfletagem. “Nosso objetivo é atrair alunos para o curso técnico em Química, que pode ser cursado por quem já concluiu ou ainda está no Ensino Médio”, explicou.
Divulgação
Em Corumbá, onde ainda tinham vagas para o curso técnico em administração, o Senai fez um trabalho de divulgação direcionado para escolas, empresas e mídias sociais. O gerente Marcelo Alexandre Zinsly ressaltou ainda que tinham equipes à disposição para conduzir visitas às dependências da instituição. “Apresentar a estrutura dos cursos faz com que os futuros alunos já comecem a se sentir inseridos no ambiente”, comentou.

No município de Dourados, eram oferecidas vagas nos cursos técnicos em automação industrial, manutenção automotiva, mecânica e edificações. O gerente Yashi Sakimoto de Miranda lembra que é possível atender outros municípios da região com os cursos na modalidade EAD. “Os cursos de automação industrial e edificações podem ser feitos a distância. É uma boa oportunidade para quem quer se qualificar e não tem condições de frequentar um curso presencial”, garantiu.

Em Três Lagoas, durante a maratona era possível se matricular nos cursos técnicos em automação industrial, logística, mecânica e química. De acordo com o gerente Adevaldo Vasconcelos, restavam vagas apenas para o período vespertino. “Por serem cursados no período da tarde, nosso público-alvo são os estudantes de Ensino Médio que querem terminar os estudos básicos com uma formação profissional”, pontuou.



Fonte: ASSECOM
Por: Daniel Pedra
Tecnologia do Blogger.