Header Ads

LEIA TAMBÉM
recent

Ex-superintendente do Banco do Brasil em MS morre em Campinas

Evaldo Emiliano de Souza faleceu ontem, em seu apartamento em Campinas 

O ex-superintendente do Banco do Brasil em Mato Grosso do Sul, Evaldo Emiliano de Souza, faleceu ontem (10), a noite, em seu apartamento na cidade de Campinas, no Estado de São Paulo.Ele exercia o comando da instituição na região leste paulista.

O secretário do Sindicato dos Bancários de MS, Orlando de Almeida Filho, confirmou a informação, que já estava circulando nas redes sociais. Ele contou que recebeu a notícia pela manhã, de colegas vinculados ao Banco do Brasil, na cidade paulista. "Tenho apenas esta informação, que ele morreu ontem a noite".

O diretor-presidente da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), Enelvo Feline, que era amigo do ex-superintendente, disse que ele morreu em seu apartamento em Campinas, ontem a noite.

"É com muito tristeza que recebo uma trágica notícia sobre a morte do amigo e companheiro Evaldo Emiliano Souza. Que bravamente realizou um grande trabalho aqui no Estado. A sua morte nos pegou de surpresa e o levou de nós repentinamente", publicou Enelvo, nas redes sociais.

O Banco do Brasil ainda não se manifestou ou emitiu uma nota de pesar sobre o fato. As informações preliminares é que Evaldo teria cometido suicídio. Ele esteve a frente do Banco do Brasil, em Mato Grosso do Sul, durante 18 meses, de abril de 2015, a outubro de 2016, quando foi promovido, para chefiar as agências da instituição, em Campinas.

Ele tinha 33 anos de dedicação as atividades bancárias, tendo iniciado a sua carreira no Banco do Brasil, com apenas 15 anos de idade, ainda na função de menor aprendiz, tendo passado por mais de seis estados do País.



Por: Leonardo Rocha

Tecnologia do Blogger.